Admilson Barbosa. Fotógrafo por AMOR a Arte...

"Entusiasmo é um dos motores mais poderosos do sucesso. Quando você fizer alguma coisa, faça-a com toda a sua força. Ponha nela toda a sua alma. Estampe nela a sua própria personalidade. Seja ativo, seja enérgico, seja entusiástico e fiel e você alcançará seu objetivo. Nada grandioso foi conseguido sem entusiasmo". (Ralph Waldo Emerson)
 


Agosto 28 2012




Uma manhã, quando nosso novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala,
a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila:
- Como te chamas?
- Chamo-me Juan, senhor.
- Saia de minha aula e não quero que voltes nunca mais! - gritou o desagradável professor.

Juan estava desconcertado.
Quando deu de si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala.
Todos estávamos assustados e indignados, porém ninguém falou nada.

- Agora sim! - e perguntou o professor - para que servem as leis?...
Seguíamos assustados porém pouco a pouco começamos a responder à sua pergunta:
- Para que haja uma ordem em nossa sociedade.
- Não! - respondia o professor.
- Para cumpri-las.
- Não!
- Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.
- Não!!
- Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?!
- Para que haja justiça - falou timidamente uma garota.

- Até que enfim! É isso... para que haja justiça.
E agora, para que serve a justiça?
Todos começávamos a ficar incomodados pela atitude tão grosseira.
Porém, seguíamos respondendo:
- Para salvaguardar os direitos humanos...
- Bem, que mais? - perguntava o professor.
- Para diferençar o certo do errado... Para premiar a quem faz o bem...
- Ok, não está mal porém... respondam a esta pergunta:
agi corretamente ao expulsar Juan da sala de aula?...
Todos ficamos calados, ninguém respondia.
- Quero uma resposta decidida e unânime!
- Não!! - respondemos todos a uma só voz.
- Poderia dizer-se que cometi uma injustiça?
- Sim!!!
- E por que ninguém fez nada a respeito?
Para que queremos leis e regras se não dispomos da vontade necessária para praticá-las?


-Cada um de vocês tem a obrigação de reclamar
quando presenciar uma injustiça. Todos.
Não voltem a ficar calados, nunca mais!

- Vá buscar o Juan - disse, olhando-me fixamente.

Naquele dia recebi a lição mais prática no meu curso de Direito.
Quando não defendemos nossos direitos perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.
 
Agosto 28 2012



Somos todos diferentes. Cada um de nós somos um ser especial. Não fixe seus objetivos com base no que os outros acham importante. Só você está na condição de escolher o que é melhor para você próprio.
Dê valor e respeite as coisas mais queridas ao seu coração.
Não desista quando ainda é capaz de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa tentar. Não temas admitir que não é perfeito. Não temas enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a ser valentes. Não exclua o amor de sua vida dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo.
A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas. Não corra tanto pela vida a ponto de esquecer onde esteve e para onde vai. Não tenha medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente. Não use imprudentemente o tempo ou as palavras.
Não se pode recuperar. A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo.
publicado por pensamentoslucena às 10:29
Agosto 27 2012





Para tudo existe uma solução e o maior e principal problema poderá estar em nós mesmos, em nossa dificuldade de encarar os fatos e lutarmos por aquilo que realmente desejamos.
Toda pessoa possui dentro de si um certo medo, uma insegurança de não conseguir e de ser um perdedor; mas a vida é uma intensa provocação, e devemos encará-la de "peito aberto" para poder vencer e mostrar a nós mesmos que somos capazes de lutar e sermos os melhores, de encontrar a verdadeira felicidade que tanto almejamos. Para isso...
Devemos sempre seguir a voz de nosso coração e seguir sem medo de viver, a palavra nunca, não existe no vocabulário da vida, pois nós podemos tudo o que quisermos. A auto confiança e a segurança devem ser as principais armas nessa batalha que se chama vida.
 
Agosto 27 2012



Estamos vivendo um período em que procuramos suprir nossas carências no mundo virtual. Damos incondicionalmente do nosso tempo e oferecemos muito de nós. Nos abrimos, enviamos flores virtuais, abraços virtuais, palavras de consolo, infinitos bons dias e boas noites. Trazemos sonhos e oferecemos nossa amizade sem nos questionar. Sabemos pouco uns dos outros, mas isso não tem importância. Quando a porta do mundo virtual se abre, entramos e não nos preocupamos em saber se existe uma porta de saída.
Enquanto isso, ao nosso lado, na nossa vizinhança, na nossa cidade e, mesmo, dentro da família, as pessoas vão sendo deixadas. Nos esquecemos do bom dia diário, do sorriso luminoso que pode iluminar o dia de alguém, de um olhar sincero do "pode contar comigo" que escrevemos tantas vezes a quem não conhecemos.
Mas quando Deus permitiu que a internet fosse criada, foi para que mais portas se abrissem e não que outras fossem fechadas. Penso que Ele queria que nos abríssemos para o mundo, mas que jamais desejou que nos fechássemos em nossa casa.
Então, por que não trocar de vez em quando algum tempo diante do PC por uma boa xícara de café com alguém que conhecemos? No lugar de um e-mail de bom dia que vai ficar guardado numa caixinha virtual, um caloroso bom dia por telefone que vai ficar guardado no coração. Uma boa gargalhada a dois, três ou mais pode ser ainda mais saudável que uma solitária diante de uma tela.
Experimente de vez em quando voltar ao mundo real. Ser uma bênção virtual é enriquecedor e nos traz grandes satisfações. Mas se, além disso, podemos ser uma bênção real e uma real bênção, nossa missão de ser anjos na terra vai estar sendo maravilhosamente cumprida.
(Letícia Thompson)
 
Agosto 27 2012





Tudo o que vive não vive sozinho, nem pra si mesmo. "Dizem que a vida é curta, mas não é verdade. A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades.
E essa tal felicidade anda por aí, disfarçada, como uma criança traquina brincando de esconde-esconde.
Infelizmente às vezes não percebemos isso e passamos nossa existência colecionando nãos: a viagem que não fizemos, o presente que não demos, a festa que não fomos, o amor que não vivemos, o perfume que não sentimos.
A vida é mais emocionante quando se é ator e não espectador; quando se é piloto e não passageiro, pássaro e não paisagem, cavaleiro e não montaria.
E como ela é feita de instantes, não pode nem deve ser medida em anos ou meses, mas em minutos e segundos. Esta mensagem é um tributo ao tempo.
Tanto àquele tempo que você soube aproveitar no passado quanto àquele tempo que você não vai desperdiçar no futuro. Porque a vida é agora..."
"Não tenha medo do futuro, apenas lute e se esforce ao máximo para que ele seja do jeito que você sempre desejou."

 
Agosto 27 2012




A todo instante a Natureza nos proporciona os mais belos espetáculos... Verdadeiros milagres!
Pena que em nossa pressa de viver quase não prestamos atenção... Pequenos e maravilhosos detalhes nos passam despercebidos.
Estamos muito ocupados Querendo “conquistar” cada vez mais! Nos isolamos em nosso egoísmo...
Na maioria das vezes só prestamos atenção na Natureza quando ela se “enfurece”... E nesses momentos nos sentimos desamparados... Somos vitimas indefesas... Mas...
A fúria humana pode ser muito mais destruidora... Nos “alimentamos” da fragilidade do próximo, sem que para isso exista uma causa nobre.
Como somos insignificantes! Em alguns momentos deveríamos agir como animais... Porque enquanto na Natureza a luta é pela preservação da espécie... O Homem luta para chegar na frente... Mesmo que seja pela solidão de um primeiro lugar.
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fotografia a Arte de Uma Cultura... Admilson Barbosa Fotógrafo

"Igual uma receita de bolo" ABFP

A importância da foto “sem foco” (fotojornalismo)